Mudar de vida radicalmente é tendência perto dos 50 anos